top of page
IMG-20231111-WA0033.jpg

EVERSON FONSECA
 

EVERS.jpg

Everson Fonseca, 64 anos, natural de Maceió, cresceu com mais três irmãos em uma fazenda em Caruaru, Pernambuco. Pintor desde os quinze anos de idade, iniciou o curso de arquitetura, mas não o concluiu, decidindo dedicar-se exclusivamente à carreira de artista visual.

 

Como autodidata, Everson pesquisou sobre materiais, técnicas e tintas por anos, aperfeiçoando-se através de tentativas e erros. Durante sua juventude, utilizou os mais diversos suportes disponíveis na fazenda, do caixote à madeira, até encontrar a tela e os processos da tinta à óleo.


A saída da pequena cidade de Caruaru para a grande cidade teve enorme impacto em seu trabalho, descobrindo novos temas, e a possibilidade de experimentar e conhecer novos materiais. 

 

Em 2010, Everson descobre o pigmento puro, momento fundamental para o refinamento do seu processo artístico e de seu trabalho. Através dele, em cores primárias, Everson aprende sozinho a criar nuances delicadas de cor, aplicando camadas para criar transições extremamente suaves e realistas.


Esse novo tipo de pigmentação é fundamental para o seu processo técnico atual. Everson também produz suas próprias telas, de rolo de linho puro, preparado com gesso antes da aplicação da tinta que depois receberá acabamento que absorve o óleo e dá um aspecto vítreo às suas pinturas.


Tanto o surrealismo e o retratismo misturam-se no trabalho de Everson Fonseca. Com influência direta de René Magritte e Nino Traverso, as obras do artista são um retrato da virtude da vida: o animal, o vegetal e o humano em criaturas místicas, uma representação do onírico e do transcendental.


O artista com 40 anos de carreira, já pode ser visto em mais de trinta exposições, além de premiações, publicações, e participações em feiras de arte por todo o Brasil.

OBRAS

bottom of page