top of page

RODRIGO BARRALES

Barrales_3.jpeg

Rodrigo Barrales, 1978, natural de São Paulo, abandonou o curso de arquitetura em 1997 para se tornar artista visual autodidata.
 

Através da influência de seus pais, ele espanhol e engenheiro e ela brasileira e pintora amadora, seus primeiros trabalhos dialogam com os grandes artistas ibéricos, relacionados ao cubismo, surrealismo e tudo que permeia a arte espanhola. 
 

No início dos anos 2.000, inicia um trabalho de pesquisa e faz cursos com Paulo Monteiro e Laura Vinci, que o levam a criar maior intimidade com as artes contemporâneas: o uso das tintas, as possibilidades de suportes e a liberdade de criação que são fatores determinantes para a nova concepção do artista.
 

Nesta mesma época, Barrales cria círculos de amizades com outros jovens estudantes e cria um grupo de arte, onde desenvolvem debates e obras para exposições em casas vazias pela cidade de São Paulo, além de integrar equipes de restauração em prédios e igrejas históricas, o que o leva a pintar murais e igrejas.
 

Em 2019 se muda para Granada, Espanha, momento no qual se reconecta com suas origens, que naturalmente refletem em sua nova produção. De volta ao Brasil, inicia duas novas graduações a de sociologia e a de psicanálise, estudos estes que permitem ao artista uma nova visão de concepção de conceito e de arte, além de imprimir esses temas em suas obras. 

OBRAS

bottom of page